quarta-feira, 11 de março de 2009

O que poderia ter sido.

Falava frente a toda a classe,durante a apresentação de um trabalho qualquer.E enquanto eu assistia,sentada,um pensamento me passou na cabeça.Eu não fazia idéia de quem ela era.Quero dizer,sabia seu nome e o tempo que havia estudado naquela escola.Sabia que havia sido solitária,e que provavelmente ainda era.Sabia do esforço que ela tinha tido,para fazer amizades.Das decepções que provavelmente viveu por conta disso.Mais eu não fazia idéia da pessoa que ela era.Não sabia dos problemas que havia passado,ou das dores que havia sentido.E o pior,é que eu nunca fiz esforço algum para conhece-la.Eu nunca parei no meio do corredor para perguntar como havia sido seu fim de semana.Eu nunca lhe perguntei como estava,se precisava de algo.Se precisava de ajuda.E eu podia ter feito isso.Eu podia ter sido a amiga que ela precisava.Eu podia ter tornado aqueles anos algo menos horrivel.Uma memória menos triste.Mas não o fiz.E me sentia uma pessoa terrível por isso.
Não me custava nada.Não me custava nada te-la apresentado a outras pessoas.Não me custava nada ter mostrado estar ao seu lado,porque ela precisava.Ela necessitava.E eu não estive lá.Em momento algum.Eu podia ter sido aquela com quem fosse possível contar.Aquela a defende-la dos bullies que provavelmente sofreu.E eu não fui.
Ela só precisava de alguém,de uma chance.E eu podia ter dado.Mas não o fiz.E não sei se houve alguém que o fez,ou tentou fazer.Tudo o que eu sei,é o que eu poderia ter feito e não fiz.E o que poderia ter sido e não foi.
Porque eu fiz isso?Porque eu não fui aquela a acreditar no potencial de uma menina que só precisava de uma ajuda?E porque eu me sinto tão culpada em relação a isso?Porque?
Eu devia ter feito algo,qualquer coisa...e agora é tarde demais.

2 comentários:

' Josi Keller disse...

Sim sim, mas no meu caso, nesse caso, a esperança continua aqui no fundo, guardada, calada, nao a vejo mais, nao a ouço, ela apenas ta guardada comigo, para o futuro ou o que seja. Sim.. essa é a melhor parte. e seja o k for ne ? Pelo menos eu vivi esses momentos e tenho k ficar feliz com isso =) e estou ..
Abraçoo
Valeu pelo comentario, amooo

.

Aline Romero disse...

Nunca é tarde demais, eu aprendi isso num desses 'anos terriveis' que passei na minha escola. Mas acredite: ser a garota solitária da primeira fila não é inutil. A gente acaba aprendendo muito com a solidão. Aprende a valorizar todas as coisas minimas que as pessoas normalmente ignoram. Talvez tenha sido melhor pra ela viver assim. E voces ainda tem tempo, no minimo um ano todo. Nunca é tarde demais pra se fazer um novo amigo =)
Sorte pras duas ;*